G-9R426GTWRM
 
Poranduba-0122.jpg

Sobre nós

Ativo 11@4x.png
Asset 16_4x.png

A origem da comunidade do Tumbira remete ao estaleiro de barcos do Seu Garrido, que foi uma das principais figuras da nossa região. Seu Garrido, um homem de visão, já sabia que a educação era o único caminho para o desenvolvimento. Como não havia escolas, ele contratava professores particulares para sua família, e a maioria das suas filhas se tornaram professoras. A comunidade só foi formada em 1986, quando as pessoas que moravam ao redor se deslocaram para morar mais perto da escola, e assim se tornou uma comunidade. Seu Garrido é considerado o grande responsável por difundir a arte de se trabalhar com madeira na nossa região, empregando e ensinando muitas pessoas. Seu Garrido também sentia, vendo as belezas à sua volta, que o futuro da comunidade seria o turismo, e tratou de construir uma grande casa, que hoje foi reformada e se transformou na Pousada do Garrido.  

Asset 14_4x.png
Asset 10_2x.png
Asset 9_4x.png
Asset 20_2x.png
Asset 23_2x.png

A Pousada do Garrido é gerenciada pela Nádia, sua filha, e o Roberto, seu genro. Se antes a figura do Seu Garrido era o destaque, hoje a grande liderança da comunidade é o Roberto. Ex-madeireiro, Roberto é um exemplo da mudança de atitude. No passado, derrubava árvores por necessidade, sem ter consciência, hoje ele é um defensor da conservação. Além do que, ele conhece a floresta como ninguém, e seu carisma e atenção às pessoas encantam a todos.

Em 2008 nossa comunidade passou a fazer parte da recém criada Reserva de Desenvolvimento Sustentável Rio Negro. Ainda não havia energia elétrica aqui, que chegou apenas em 2011. Muita coisa aconteceu de lá pra cá, e nossa comunidade foi demonstrando vocação para receber viajantes - poucos, é verdade - mas que se encantavam e falavam para outras pessoas, que acabavam vindo conhecer. Além das histórias contadas por Roberto, os pratos preparados com todo cuidado pela Nádia e sua família também viravam notícia.

 

Em 2017, eu, Bruno, vim morar na comunidade com minha esposa Raquel. Troquei a vida agitada de São Paulo pelo sossego extremo do Tumbira, com apenas 32 famílias. Nós fomos os primeiros vindos de fora e também víamos que o turismo poderia ser mais do que o futuro, poderia ser o caminho para o desenvolvimento sustentável da região. Começamos a estudar sobre turismo de base comunitária, sobre como trabalhar com turismo de forma responsável e unindo forças com a comunidade. 

Asset 19_4x.png

Em 2019 criamos a Poranduba com o propósito de ser um vetor do desenvolvimento sustentável, gerando renda, valorizando a cultura local e contribuindo para manter a floresta em pé. Todos os serviços são realizados por moradores locais, assim como toda a renda gerada por sua viagem é destinada às pessoas envolvidas. 

Esperamos nos encontrar por aqui.

Ativo 11@4x.png
Asset 17_4x.png

Impacto Social e Ecológico

A Poranduba busca aproveitar ao máximo os recursos locais, gerar renda e entregar a melhor experiência à você. Sua visita contribui para manter a floresta em pé e colabora com diversas famílias que vivem do turismo. Recebemos poucas pessoas, para receber melhor e com menor impacto ambiental.

INFOGRAFICO.png

A palavra "Poranduba"

PORANDUBA é uma expressão indígena que significa “histórias fantásticas”; refere-se aos contos, às fábulas, aos mitos que compõe, ainda hoje, o imaginário e a cultura dos povos da Amazônia. Significa também “relação”, “sentir”, “escutar”: é a maneira que lhe convidamos para estabelecer uma conexão profunda com a Amazônia, seus povos e seus mistérios.

Ativo 11@4x.png
Asset 9_4x.png
Ativo 11@4x.png